Os olhos tristes do Capitão

os olhos tristes do capitao

– Atacar!

… e o esquadrão de carros de combate lançou-se para afrente, sulcando as areias em busca da posição inimiga, em busca da vitória.

Da torre de seu carro, o Capitão observava seus homens correndo, voando em suas máquinas, armas vomitando fogo em meio às explosões das granadas inimigas…

…e havia ansiedade nos olhos tristes do Capitão…

Os carros ziguezaveavam por entre as explosões. Alguns estancavam bruscamente, com o fogo a devorar-lhes as entranhas, destruindo junto seus ocupantes. Outros continuavam avançando, com seus canhões e metralhadoras atirando furiosamente, loucamente… até alcançar a posição inimiga, esmagando os corpos e armas com suas lagartas, transformando tudo num inferno.

… e havia alegria nos olhos tristes do Capitão…

Outro esquadrão ultrapassou a posição e disparou em perseguição ao inimigo que fugia, apavorado, em busca da salvação em suas linhas, à retaguarda. O Capitão deu suas ordens, reunindo seus homens em meio aos escombros daquilo que fora uma posição organizada do inimigo. Olhou ao redor, observando a quantidade de armas e de material estraçalhado por seus carros, a quantidade de inimigos mortos por suas armas…

… e havia tristeza nos olhos tristes do Capitão…

Maj Cav Roberto M. O. Mafra

(Fonte: Revista da Turma de 1972 da AMAN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.